Páginas

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sapinho e agora????



Ola meninas tudo bem com vcs?

Aqui tudo sobre controle...rs

Desde de quando a Esther nasceu a lingua dela ficou esbranqueçada como sou um pouco chata...rs achei que era resto de leite procurei sempre limpar com fraldinha úmida no fim de todas as mamadas. Ela ficava muito brava gritava, quando me deu conta foi aumentando e a placa branca já estava em toda língua, debaixo da língua, e nos lábios inferiores, ela foi perdendo a vontade de mamar, fiquei preocupada como diz aquele ditado de medico todo mundo tem um pouco, uma colega olhou na boca da minha bebe disse que era sapinho e que era pra pegar uma gaze com bicarbonato e passar na boca dela, pensei comigo se fizer isso vai arder fora o gosto ruim do produto. Como mãe de primeira viagem e mesmo sendo excesso de cuidado resolvi leva-la em um pediatra quando ele olhou a boquinha dela disse que aquilo não era um sapinha e sim um brejo cheio de sapos...rs tadinha da minha bebe, ele receitou um medicamento antifúngico e me ensinou corretamente como usar o bicarbonato, e o que devo passar nos seios tbém a solução com o bicarbonato porque o sapinho passa para o seios tbém causando rachaduras e tudo mais. pasmei mandaram passar violeta na boca da menina..kkk

Graças a Deus a boquinha dela esta voltando o normal e já esta conseguindo mamar. O pediatra pesou minha lindinha ela já esta com 3900k com 27 dias de vida e 51 cm, pra quem nasceu com 2890k acho que ela esta bem na foto ...kkkkkk

Bom mamães deixarei um artigo mais detalhado sobre o sapinho e algumas dicas...


bjs


Sapinho (candidíase oral) em bebês





Meu bebê está com placas brancas dentro da boca. O que pode ser isso? 



Pode ser sapinho, uma infecção pelo fungo chamado Candida albicans. Aparecem manchas brancas na parte interna da bochecha, no céu da boca e às vezes na língua do bebê. É um problema mais comum em bebês de até 2 meses de idade, mas pode aparecer em crianças mais velhas também. 



O fungo está presente no sistema digestivo de todo mundo, mas, quando há um desequilíbrio, essa presença se transforma em infecção. Os principais causadores desse desequilíbrio são mudanças hormonais ou o uso de antibióticos -- seja pelo bebê ou pela mãe, no caso de criança que mama no peito



Como saber se é mesmo sapinho? 



Se houver uma camada branca na língua do bebê, e em nenhum outro lugar, provavelmente é apenas resto de leite. As lesões da candidíase oral são mais comuns nas laterais da boca, e às vezes doem bastante. O primeiro sinal pode ser o fato de o bebê chorar quando mama ou quando chupa a chupeta. Outras vezes, porém, o bebê pode não dar grandes indicações de dor ou irritabilidade, mas o aleitamento fica prejudicado. 



Caso você desconfie que seu filho está com sapinho, procure as placas brancas características do problema. Lave bem as mãos, cubra o dedo com uma gaze e toque numa das lesões, para ver se ela sai. Muitas vezes ela não sai, mas, se sair, deixará uma área bem vermelha no local onde estava, e pode sangrar um pouco. 


Como se trata a candidíase oral? 



Consulte o pediatra se achar que seu filho está com sapinho. Ele pode receitar um medicamento antifúngico. A infecção leva até uma semana para ir embora. Às vezes os médicos recomendam a aplicação de uma pomada antifúngica nos mamilos da mulher caso ela esteja amamentando, para que a infecção não fique passando do bebê para a mãe e da mãe para o bebê. 

Há alguma coisa que eu possa fazer para meu bebê não pegar sapinho? 



Há bebês que simplesmente são mais suscetíveis que outros à ação do fungo. Há quem acredite que o problema seja causada pelo uso de chupetas ou de mamadeira; outros acham que a culpa é de sujeira no bico da mamadeira; para outras, ainda, o problema é causado pelo uso de chupetas ou bicos de mamadeira grandes demais para a boca do bebê. Mas bebês que só mamam no peito e que não usam chupeta também podem apresentar a candidíase oral. 



Alguns especialistas recomendam que se dê um pouco de água filtrada e fervida para o bebê (fria ou em temperatura ambiente) depois de cada mamada, para eliminar os resíduos de leite. A esterilização frequente de chupetas e mamadeiras também pode ajudar. 




Os médicos também orientam as mães que amamentam a deixar os mamilos tomarem um pouco de ar entre as mamadas para evitar a micose, e a medida é especialmente importante quando já se está com a infecção -- a umidade é o ambiente ideal para a proliferação dos fungos. 




Fique alerta para a candidíase se o bebê estiver tomando antibióticos -- e você também, no caso de amamentar. Os antibióticos matam as bactérias ruins, mas também as boas, que existem naturalmente no corpo. Isso pode favorecer o surgimento da infecção por cândida. A candidíase também pode ser vaginal, nas mulheres, além de afetar o bico do seio. 


O sapinho é perigoso? 



Não. O maior problema é a boca do bebê doer demais e ele não conseguir mamar, o que pode levar à desidratação. Nesses casos, o médico talvez receite uma dose de analgésico como o paracetamol para controlar a dor. 



Você também precisa avisar o médico se a candidíase não estiver melhorando com o tratamento, ou se o bebê tiver febre de mais de 38 graus, o que pode indicar algum outro tipo de infecção. 




Embora não tenha maior gravidade, a candidíase é muito doída, em todos os sentidos. É difícil ver o bebê com fome e chorando de dor para mamar. O consolo é que ela costuma passar rápido. Mime seu filho e siga direitinho as recomendações do médico para o controle da dor. 




E mantenha o tratamento pelo tempo recomendado, mesmo que as lesões já tenham melhorado. Senão o problema pode voltar, e ninguém quer que isso aconteça.

2 comentários:

Thaline Livia disse...

Oi Caroline! Obrigada pela dica querida... nossas bebês nasceram quase no mesmo dia... e vou ficar de olho na boquinha dela. bjoss

Natinha disse...

Menina, a Gigi tb teve... foi um dificuldade tirar. Eu tive que usar antibiotico e acho q foi isso que causou!! Mas minha nossa, demora muitooo!!
Ainda bem que o da sua baby ja esta sarando!!!
Beijooooo

https://giogiobebe.blogspot.com/